Batismo

Como surgiu o Batismo?

O Santo Batismo é a maneira pela qual nos tornamos pessoas cristãs. É o rito de iniciação para uma nova vida em Cristo. Os votos e as promessas feitas no Batismo constituem uma parte fundamental da nossa identidade. A imersão, ou o ato de lavar, é um símbolo que tem sido usado por muitas religiões e culturas através dos tempos, como um sinal externo e visível da passagem de um estado do ser a outro. Justamente antes de Jesus iniciar o seu ministério, João Batista proclamou e praticou um batismo de arrependimento dizendo: “Convertam-se, porque é chegado o Reino dos Céus”, e profetizando que alguém viria para batizar com o Espírito Santo. 

Jesus chegou proclamando o Reino de Deus aqui e agora. No Reino de Deus a Boa-Nova se manifesta para os pobres e os excluídos; um Reino no qual pessoas prisioneiras são libertadas, recuperam a vista, vivem sem opressão. É um Reino de justiça e piedade, no qual caminhamos humildemente ao lado de Deus. Esse é um Reino no qual temos o chamado a adotar um modo de vida de amor e compaixão para com todas as pessoas. No Reino de Deus, podemos deixar nosso estado pecaminoso de vida e avançar em direção à reconciliação com Deus. O máximo valor do Reino de Deus é o amor, porque Deus tem sido o primeiro a nos amar.

Essa é uma descrição da nova vida à qual Jesus chamou os seus seguidores há dois mil anos, e essa é a vida à qual ele convida todas as pessoas, ao se apresentarem para receber o sacramento do Santo Batismo.

Nenhuma descrição de foto disponível.

O que é o Batismo?

São Paulo amava falar e escrever sobre o povo das igrejas primitivas como membros do Corpo de Cristo. Ele usava essa figura de linguagem de modo a enfatizar a importância da diversidade dos membros, bem como sua unidade. Os primeiros cristãos acreditavam que o Santo Batismo era a porta de entrada para tal Corpo.

Vocês não sabem que todos nós, que fomos batizados em Jesus Cristo, fomos batizados na sua morte? Pelo batismo fomos sepultados com ele na morte, para que, assim como Cristo foi ressuscitado dos mortos por meio da glória do Pai, assim também nós possamos caminhar numa vida nova.

(Romanos 6:3-4)

O Batismo é um sacramento da Igreja, o que significa que é sinal externo e visível de uma graça interna e espiritual. O sinal externo e visível do Batismo é a água na qual a pessoa é batizada em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.  Já a graça interna e espiritual do Batismo é a união com Cristo na sua morte e na sua ressurreição, o nascimento na Igreja — a família de Deus —, o perdão dos pecados e a nova vida no Espírito Santo. O Santo Batismo é o sacramento pelo qual Deus nos adota como seus filhos e nos faz membros do Corpo de Cristo: a Igreja.

A graça é a manifestação do amor de Deus. Esse tipo de amor, que é perfeito e incondicional, é muito raro nos dias de hoje. É um amor que nos alcança sem que o mereçamos, pois Deus convida a todo o seu povo, por sua graça, para que o amem e para que amem uns aos outros.

O Batismo também é sinal de uma nova vida que é dada aos membros do Corpo de Cristo. Ele nos assegura que o pecado não nos separará do amor divino, e que Deus sempre nos perdoará quando nos arrependermos. O pecado é esta tendência que todos temos de errar, de nos ferir, de maltratar as outras pessoas, e tudo mais que nos separa do ideal de Deus para as nossas vidas. O Batismo nos mostra um caminho para além desse ciclo destrutivo.

Essa promessa de nova vida dura para sempre! Não sabemos exatamente o que acontecerá conosco após esta existência, mas, como cristãos, cremos que a vida não termina na sepultura. Ela se transforma. Do outro lado, Deus nos espera com promessas de uma realidade que não podemos nem imaginar nesta vida. O Batismo é o selo da certeza de que tais promessas foram feitas para nós.

Quando somos batizados, entramos em uma aliança com Deus: um relacionamento especial no qual Deus faz promessas para nós (amar-nos

e dar-nos o dom de nova vida), e nós lhe fazemos promessas (ser fiéis ao fazer o melhor para amar a Deus e amar o nosso próximo). O pacto batismal, no rito da Santa Comunhão é nossa declaração da nova vida à qual temos sido chamados a viver.

Quem pode ser batizado(a) na Paróquia de São Lucas?

A Igreja Episcopal Anglicana do Brasil admite ao Santo Batismo pessoas de qualquer idade que ainda não tenham sido batizadas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Na nossa igreja, acolhemos crianças de qualquer idade ao Sacramento do Batismo. Não nos opomos ao batismo infantil porque entendemos que o Batismo é, primeiramente, um dom de Deus, e os presentes de Deus são para todas as pessoas. No caso do Batismo de uma criança, acreditamos que, em seu devido tempo, aquela pessoa fará uma afirmação pública de seus votos batismais, no sacramento da Confirmação (ou “crisma”). Por isso, a criança tem padrinhos e madrinhas, que fazem os votos batismais em nome do(a) batizado(a). Geralmente, são escolhidos entre amigos da família. A tradição mais antiga é que meninos tenham dois padrinhos e uma madrinha, e que meninas tenham duas madrinhas e um padrinho. Entretanto, essa é uma decisão final da família da criança.

O Batismo também está disponível para adultos que ainda não foram batizados e cuja fé os levou a um desejo de se tornarem parte do Corpo de Cristo. Padrinhos e madrinhas são opcionais no caso de adultos sendo batizados.

Vocês praticam o rebatismo?

Os cristãos acreditam que o sofrimento, a morte e a ressurreição de Jesus foram atos definitivos do amor de Deus. O que Jesus fez foi feito de uma só vez. Assim, se alguém já foi batizado (seja por imersão, seja por aspersão) em nome do Deus Trino, não é necessário ser batizado de novo. Não existe batismo “anglicano”, e sim Batismo cristão. Quem chega à nossa igreja já batizado(a) em outra comunhão cristã não precisa ser batizado(a) novamente. Essas pessoas podem ser recebidas à nossa comunhão ou admitidas ao sacramento da Confirmação (caso ainda não tenham sido ainda confirmadas. 

Batismo e Eucaristia

Todos os cristãos batizados estão habilitados a receber a Comunhão do Corpo e do Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, independentemente

de sua idade. Na nossa igreja, não há o rito de “Primeira Comunhão”. Após o Batismo, os fiéis tornam-se “membros comungantes” de nossa igreja.

Tendo em vista a união intrínseca entre Batismo e Eucaristia, esta paróquia prioriza o Batismo público, realizado no contexto da Missa. A data principal para batismos é a Grande Vigília Pascal, uma vez que o Batismo é diretamente ligado à Ressurreição do Cristo. Outras datas tradicionais são: Batismo de nosso Senhor Jesus Cristo (domingo após a Epifania – 06 de janeiro), Pentecostes (50 dias após a Páscoa) e Todos os Santos (1º de novembro ou domingo seguinte). 

Batismos privados

Nossa paróquia entende que batismos privados, fora do contexto de adoração pública a Deus, só são pertinentes em casos emergenciais. Assim, não agendamos o Santo Batismo para fora dos serviços principais de domingos e dias santos do Ano Cristão. 

Como agendar o Batismo?

Basta informar a intenção para um dos membros do clero, ou pelo formulário de contato. Em seguida, será agendada uma série de reuniões preparatórias com todas as pessoas envolvidas. Espera-se que a família compareça com assiduidade à igreja. Na nossa Paróquia, não cobramos uma taxa fixa, por entendermos que um sacramento não pode ser vendido. Como o Batismo ocorre somente em ofícios públicos, o templo estará decorado com todo o requinte possível para a data. Apenas sugerimos a quem for batizado(a) e à sua família que façam uma oferta de gratidão, que é plenamente opcional. Essa oferta poderá ser em dinheiro, mas também através da doação de algum item litúrgico, ou restauração de peças sacras de nosso templo. Todos esses detalhes poderão ser discutidos com o clero quando da preparação para o Santo Batismo.

CELEBRAÇÕES

Domingos às 10h
Celebração online via Zoom e retransmitida no YouTube e Facebook

Caso deseje, solicite login e senha para o zoom através do formulário de contato.

Colabore

Para apoiar a Paróquia de São Lucas em sua missão de anunciar o Evangelho e garantir a continuidade de nossa comunidade de fé e serviço, doe:

Depósito Bancário
Bradesco (237)
Ag. 7115
Conta 72748-2
CNPJ: 28125607/0001-17
Paróquia de São Lucas

PIX
28125607/0001-17 (CNPJ)
ou contribuicao@saolucasrio.org (e-mail)

PayPal