Eucaristia

O que é a Santa Eucaristia?

A Santa Eucaristia é o sacramento instituído por Cristo como memória perpétua de sua vida, sua morte e sua ressurreição, até a sua segunda vinda.

A Eucaristia é o alimento a que todas as pessoas batizadas estão convidadas. Quando nos reunimos em torno da Mesa para compartilhar o Pão e o Vinho estamos reafirmando nossos votos batismais; recordamos que somos um com os outros e um com Cristo Jesus.

Depois da morte e da ressurreição de Jesus, seus seguidores se reuniam em suas casas para ensinar e orar, compartilhar o cálice e comer o pão, tudo em memória do Senhor ressuscitado. Essas reuniões foram as primeiras celebrações eucarísticas, que eram presididas pelo dono da casa, fosse homem ou mulher.

O que significa Eucaristia?

A palavra “Eucaristia” vem do grego e quer dizer “ação de graças”. Quando comemos do pão e bebemos do vinho estamos participando da Grande Ação de Graças. Isto significa que agradecemos por Jesus, imagem visível do Deus invisível, ter vindo viver entre nós.

Deus se encarnou na pessoa de Jesus.

A Eucaristia é mais do que uma atitude de gratidão. Inclui nossa resposta aos atos poderosos de Deus e às Boas-novas de Cristo. Dar graças deste modo é nossa “liturgia”, outra palavra que provém da língua grega — “o trabalho do povo”. É a obra que o povo de Deus é chamado a fazer.

Quando a Igreja se reúne, não é uma reunião acidental de indivíduos que não têm relação entre si. É, antes, uma congregação da família de Deus. O Santo Batismo nos faz filhos adotivos de Deus e, portanto, família da qual faz parte seu Filho Unigênito e os demais.

Como surgiu este sacramento?

As refeições religiosas fazem parte de práticas culturais ao longo do tempo; são celebrações simbólicas dirigidas à parte sagrada da vida de um povo. O alimento tradicional de nossos antepassados hebreus é um exemplo de prática cultural com sentido simbólico. Os sacramentos, por definição, são sinas exteriores e visíveis de significados interiores e espirituais. Assim, da mesma maneira que o alimento tradicional dos judeus celebra o Êxodo e a Páscoa, simbolizando a libertação do seu povo do cativeiro, da escravidão do Egito por Deus, na Eucaristia, nós, os cristãos, celebramos que em Cristo somos libertos do cativeiro do pecado e recebidos numa nova vida.

Numa passagem do Evangelho de João, Jesus é descrito como o Pão da Vida. A imagem do pão é parte dos ensinos da jovem Igreja cristã sobre a Eucaristia, e é um dos nossos símbolos eucarísticos. Outra imagem é a da videira e dos ramos. Essa imagem tem origens tanto culturais como escriturais, e a usamos para nos ajudar a recordar nossa inter-relação com todos e com o Cristo vivo, quando nos reunimos ao redor da Santa Mesa para compartilhar o Pão e o Vinho.

As orações eucarísticas em nosso Livro de Oração Comum contam de novo a história da redenção e da libertação. Elas nos falam da instituição da Eucaristia por Cristo, na Última Ceia. Falam de seu sacrifício de amor e de sua vitória sobre a morte. Essas são promessas para todos nós! Nossa Eucaristia é o relato da história da salvação, o relato do que Deus tem feito por nós devido ao seu amor profundo e duradouro por toda a humanidade.

Qual é o sentido teológico da Santa Eucaristia?

A Santa Eucaristia, também chamada de Santa Ceia, Santa Comunhão ou Santa Missa, é o alimento espiritual por excelência dos cristãos e o principal ato de adoração pública da comunidade local. Os sinais externos e visíveis do sacramento da Eucaristia são o pão e o vinho consagrados pelo sacerdote. A graça interna e espiritual é o Corpo e o Sangue de Cristo. Na Última Ceia com os discípulos, Jesus disse que toda vez que comermos deste pão e bebermos deste vinho, estamos fazendo isso em sua memória. A palavra que traduzirmos por memória vem do grego anamnesis, que significa muito mais do que simplesmente lembrar ou recordar: significa estar presente.

A tradição anglicana não procura explicar teologicamente como se dá a presença real de Cristo na Eucaristia. Este santíssimo sacramento é um profundo mistério (e todo mistério é inexplicável), que reúne milhões de cristãos todos os domingos há dois mil anos, para participar deste pão e deste vinho em comunhão com Deus, com Jesus e com todos os cristãos de todos os tempos e lugares.  Entretanto, temos plena convicção de que o pão e o vinho, ao serem consagrados por um(a) sacerdote, se tornam o Corpo e o Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.  Por isso, toda a reverência deve ser dada a Cristo no Sacramento, prestando-lhe honra e consumindo com reverência (ou armazenando no Sacrário) todos os elementos consagrados.

Quem pode receber a Santa Eucaristia?

Na Comunhão Anglicana, entendemos que a Eucaristia é o Sacramento do Senhor Jesus Cristo, e não de uma igreja em particular. Por isso, convidamos todos os cristãos batizados a receber seu Corpo e seu Sangue.

Na nossa igreja, não há o rito de “Primeira Comunhão”. Após o Batismo, os fiéis tornam-se membros comungantes de nossa igreja. Isso porque entendemos que, como um grande mistério, a presença de Cristo na Eucaristia nunca será plenamente entendida por qualquer fiel. Sendo assim, todas as pessoas batizadas (desde as de tenra idade) estão convidadas à Comunhão de nosso Senhor. 

O que devo fazer se sinto desejo de receber a Santa Eucaristia?

Se você já é um(a) cristão(ã) batizado(a), basta confessar seus pecados a Deus (tanto através da confissão geral do nosso rito eucarístico quanto através da confissão auricular com um(a) sacerdote) e, confiante no seu perdão, ir ao altar de Cristo para receber o Sacramento.

Contudo, caso você não seja batizado(a), mas sente um desejo forte de ir à frente receber a Comunhão, saiba que Cristo está lhe chamando para um relacionamento íntimo com ele. O Redentor de nossas almas quer que você faça parte da grande família cristã através do Santo Batismo!

Procure o(a) pároco(a) da igreja que você tem frequentado para que ele(a) possa lhe explicar melhor sobre o Batismo e a Eucaristia. Caso você deseje seguir adiante com o Batismo, ele(a) matriculará você numa classe para catecúmenos e agendará uma série de reuniões preparatórias, após as quais você estará preparado(a) para o Batismo e para a sua primeira comunhão.

CELEBRAÇÕES

Domingos às 10h
Celebração online via Zoom e retransmitida no YouTube e Facebook

Caso deseje, solicite login e senha para o zoom através do formulário de contato.

Colabore

Para apoiar a Paróquia de São Lucas em sua missão de anunciar o Evangelho e garantir a continuidade de nossa comunidade de fé e serviço, doe:

Depósito Bancário
Bradesco (237)
Ag. 7115
Conta 72748-2
CNPJ: 28125607/0001-17
Paróquia de São Lucas

PIX
28125607/0001-17 (CNPJ)
ou contribuicao@saolucasrio.org (e-mail)

PayPal