Arquivo da categoria: Rev. Luiz Caetano ost+

A Epifania do Senhor

Jesus contigoEpifania vem da palavra epiphanīa (do latim tardio), que, por sua vez, veio do grego èpifáneia (ἐπιϕάνεια), de èpifanés (ἐπιϕανής), “visível”, derivado de verbo èpifanainomai (ἐπιϕαίνομαι), “aparecer”. A palavra Epifania tem, portanto, o significado semelhante a revelação, porém com mais ênfase na percepção de algo que, de repente, se manifesta!

O significado cristão de Epifania

A Igreja denomina Epifania do Senhor à manifestação do Cristo (o Messias, o Ungido)  à toda humanidade, contrariando as expectativas antigas de que seria algo exclusivo para os hebreus. Continue lendo A Epifania do Senhor

O Natal não acabou!

meninoJesusNa postagem anterior, havíamos dito que o Natal acabou. E hoje, quatro dias depois de 25 de dezembro,  de fato, já acabou.  O mercado agora se volta para o “Ano Novo” e depois vem o Carnaval, que na ânsia consumista deve começar pelo dia 2 de janeiro.

Os dias de hoje,  marcados pelo consumo desesperado, é a era do efêmero: de outubro  até 24 de dezembro, o mercado celebrou o Natal das compras desnecessárias, enfeites que ninguém mais sabe porque se usa, em pleno verão  celebrando o inverno.

Agora, passado o entusiasmo natalino, quando os votos de paz e felicidade já ficaram no passado,  começa o Ano Novo: “feliz ano-novo, dinheiro, paz, e saúde! saúde é que é importante, né? tendo saúde, tudo se ajeita” –é o que a gente começa a ouvir agora. Depois só vamos ouvir votos de felicidade por ocasião da quaresma, quando o mercado começa a celebrar a páscoa dos chocolates e dos coelhinhos…  afinal, não se diz “feliz carnaval”.

Continue lendo O Natal não acabou!

O Natal acabou!

images (1)Triste, mas é verdade! O Natal acabou! o que existe é uma festa do mercado. Não se celebra mais o Deus da Vida, mas o deus Mamona.

Não há referências à Natividade do Senhor; aliás, Ele é cada vez mais esquecido; perde longe, no “Ibope” para o Papai Noel, que – do jeito que se representa hoje – foi uma apropriação publicitária da Coca-Cola na década de 30 do século passado.  [Para mais detalhes sobre o Papai Noel, veja a nossa postagem  “Nicolau – o Papai Noel”]

Continue lendo O Natal acabou!