Arquivo da categoria: Rev. Luiz Caetano ost+

Plano de Ação Paroquial (I) – Comunidade Koinônica

Congregação

Nossa comunidade deu os primeiros passos no processo de busca de uma sede própria. Para isso, um grupo de trabalho construiu um Perfil Paroquial a partir de pesquisa com a Comunidade,  que deu origem à edição preliminar do  Plano de Ação Paroquial: Comunhão, Serviço e Testemunho, no momento em análise pela comunidade.

Ao mesmo tempo, está sendo elaborado o Projeto de Viabilidade Econômica e Financeira para orientar a capacitação de recursos com parceiros no Brasil e no exterior, visando não só a compra da sede, mas também o incremento de ações paroquiais já em andamento e novas propostas de ação.

O Plano de Ação Paroquial se fundamenta em três eixos inspirados no Evangelho: a Koinonia, a Diaconia e a Martiria,que orientam nossa Visão enquanto comunidade de fé cristã:

Nossa Visão

Somos a Paróquia de São Lucas, da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB) na Diocese Anglicana do Rio de Janeiro (DARJ); uma comunidade de fé que proclama o Evangelho na Zona Sul desta cidade desde 1933. Somos uma Igreja inclusiva, que acolhe todas as pessoas sem exceção!

No Ministério desta Paróquia desejamos afirmar a misericórdia, a solidariedade e a compaixão como sinais do amor de Deus para com este mundo e toda a Criação, sob a inspiração de Deus, Senhor da vida, no caminho da espiritualidade do Evangelho segundo São Lucas, médico e Evangelista. Continue lendo Plano de Ação Paroquial (I) – Comunidade Koinônica

MUITO DINHEIRO PARA UM POBRE CORAÇÃO

Lucas 12.13-21 (2)O Evangelho de Lucas (12.13-21) apresenta uma situação jurídica colocada diante de Jesus, à qual ele responde com uma parábola; antes, porém, faz uma advertência contra a avareza.

O texto

12.13 […] um homem que estava no meio da multidão disse a Jesus: — Mestre, diga a meu irmão que reparta comigo a herança. 14 Mas Jesus lhe respondeu: — Homem, quem me nomeou juiz ou repartidor entre vocês? 15 Então lhes recomendou: — Tenham cuidado e não se deixem dominar por qualquer tipo de avareza, porque a vida de uma pessoa não consiste na abundância dos bens que ela tem. 16 E Jesus lhes contou ainda uma parábola, dizendo: — O campo de um homem rico produziu com abundância.17 Então ele começou a pensar: “Que farei, pois não tenho onde armazenar a minha colheita?” 18 Até que disse: “Já sei! Destruirei os meus celeiros, construirei outros maiores e aí armazenarei todo o meu produto e todos os meus bens. 19 Então direi à minha alma: ‘Você tem em depósito muitos bens para muitos anos; descanse, coma, beba e aproveite a vida.’” 20 Mas Deus lhe disse: “Louco! Esta noite lhe pedirão a sua alma; e o que você tem preparado, para quem será?”  21 — Assim é o que ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico para com Deus. Continue lendo MUITO DINHEIRO PARA UM POBRE CORAÇÃO

JUDAS ISCARIOTES, O ESTRANHO NO NINHO

Judas Iscariotes1Se há um personagem no Novo Testamento que costuma ser escrachado é o amigo de Jesus, Judas Iscariotes.  Isso, está no Evangelho de Mateus: “Amigo, a que vieste?” (Mateus 26.50). No original grego a palavra utilizada por Jesus é “philos” , palavra que significa forte amizade, não uma saudação gentil.

Vamos tentar conhecer melhor esse sujeito.

Há muitas teorias e suposições a respeito de Judas Iscariotes: seria um nacionalista, seria um zelote desiludido, ou um sicário, e outras mais.  Todavia, o que sabemos é que ele foi um dos Doze e era o responsável pelo dinheiro do grupo; sabemos também que dentre os Doze, era o único não Galileu,  havia nascido na Judeia.  Isso fazia dele um estranho no ninho dos Doze,  não ser galileu, mas judeu. Ora, os judeus desprezavam os galileus. Andando com os galileus, era um estranho no ninho entre os judeus… Continue lendo JUDAS ISCARIOTES, O ESTRANHO NO NINHO