O Encontro com o Ressuscitado

CristoTodo encontro com o Ressuscitado significa uma crise, porque Jesus desafia a fé das pessoas! Ele nunca é como pensamos que Ele é! Jesus nos surpreende e nos desafia.

O encontro com Cristo balança nossas vidas, muda nossa percepção do mundo, provoca a crise de nossas convicções, tira-nos da zona de conforto onde vivemos de forma vazia e sem objetivos mais amplos além de comer, dormir, sobreviver, consumir…

A origem grega da palavra “crise” significa “encruzilhada”. O momento de crise é um momento em que temos de fazer opções, ou escolher caminho ou permanecer parados na vida! Crise é uma bênção contra nossa zona de conforto e vida vazia.

Mas “crise” também pode significar “crisol – purificador”. Assim é no antigo sânscrito. Um momento de crise nos purifica de paradigmas antes tidos como absolutos, purifica nossa visão de mundo e de nós mesmos.

Assim é o encontro com o Ressuscitado, Jesus, o Cristo, o Filho de Deus! Um momento de crise, de questionamentos, de re-visão da vida, de encontrar novo caminho.

Jesus nos desafia! Desafia nossa visão de mundo moldada pelas mídias, pela pressão social, pelo comodismo e alienação! Desafia nossas convicções e crenças, moldadas pela cultura, pela religião, pelas instituições! Desafia nosso narcisismo incentivado pelas mídias sociais que nos leva ao consumismo desvairado e a necessidade de permanente auto justificação! O encontro com Jesus nos liberta de tudo isso!

Jesus nos desafia a viver de forma diferente, colocando o amor como princípio ético ao invés de regras morais que tolhem nossa capacidade de pensar, nosso bom gosto, e transforma tudo que é agradável em “pecado”. Jesus nos liberta da lei moral para tornar-nos agentes do referencial ético que é apresentado pelo Evangelho, o amor de Deus! Não é possível encontrar-se com  Jesus e continuar vivendo de maneira egoísta, levando uma vida frívola, superficial  e vazia.

Encontrar-se com Jesus é experimentar uma crise e um juízo, o juízo de Deus  que, misericordiosamente, nos confronta com nosso ego e nossa vida social, e nos faz  entender a grande distância que existe entre a nossa maneira de ser no mundo e a vontade de Deus para a vida humana e toda a Criação.  O encontro com Jesus  faz-nos perceber a proximidade de um Absoluto, exterior a nós, mas que se manifesta em nossa vida cotidiana e nos fatos da História Humana.

Assim, o encontro com Jesus é o encontro com esse Absoluto, que sendo externo, quer comunhão conosco, com cada um e cada uma de nós.  O verdadeiro encontro com Cristo nos faz descobrir as profundezas da existência humana,  especialmente aquelas que não nos agradam. O encontro com Cristo nos desperta para nos tornarmos novas pessoas, sermos o que Deus espera que sejamos para com as outras pessoas, para uma relação profunda de respeito e admiração pela vida e pela Criação, e para com Ele mesmo.

O encontro com o Ressuscitado nos desperta para denunciar o Mal que há no mundo e testemunhar o amor de Deus para com toda a Sua Criação, e para com nós mesmos, seres humanos.  O encontro com Jesus nos liberta do império do pecado  e da morte e nos traz vida em abundância, nos coloca em comunhão com Deus e passamos a experimentar uma relação de intimidade e amor com Ele.

Busque o Ressuscitado! Ele está ansioso para encontrar com você! Veja bem, Ele está acenando e chamando você!

Rev.  Luiz Caetano, ost+

Um comentário em “O Encontro com o Ressuscitado”

  1. Muito obrigado por esta postagem!
    Renovou minha esperança! Nos tempos que vivemos, um texto como este é uma palavra animadora.
    Sempre é bom reencontrar o Ressuscitado, especialmente para quem vive na Europa, onde tudo parece bem, mas o Diabólico circula cada vez mais arrogante!
    E, pelo que tenho lido na imprensa, ai no Brasil também!
    Forte abraço!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.