Arquivo da tag: Anglicanismo

Plano de Ação Paroquial (I) – Comunidade Koinônica

Congregação

Nossa comunidade deu os primeiros passos no processo de busca de uma sede própria. Para isso, um grupo de trabalho construiu um Perfil Paroquial a partir de pesquisa com a Comunidade,  que deu origem à edição preliminar do  Plano de Ação Paroquial: Comunhão, Serviço e Testemunho, no momento em análise pela comunidade.

Ao mesmo tempo, está sendo elaborado o Projeto de Viabilidade Econômica e Financeira para orientar a capacitação de recursos com parceiros no Brasil e no exterior, visando não só a compra da sede, mas também o incremento de ações paroquiais já em andamento e novas propostas de ação.

O Plano de Ação Paroquial se fundamenta em três eixos inspirados no Evangelho: a Koinonia, a Diaconia e a Martiria,que orientam nossa Visão enquanto comunidade de fé cristã:

Nossa Visão

Somos a Paróquia de São Lucas, da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB) na Diocese Anglicana do Rio de Janeiro (DARJ); uma comunidade de fé que proclama o Evangelho na Zona Sul desta cidade desde 1933. Somos uma Igreja inclusiva, que acolhe todas as pessoas sem exceção!

No Ministério desta Paróquia desejamos afirmar a misericórdia, a solidariedade e a compaixão como sinais do amor de Deus para com este mundo e toda a Criação, sob a inspiração de Deus, Senhor da vida, no caminho da espiritualidade do Evangelho segundo São Lucas, médico e Evangelista. Continue lendo Plano de Ação Paroquial (I) – Comunidade Koinônica

Sobre Missão

O tema da Missão é recorrente na Igreja, porque é exatamente a Missão que dá sentido ao ser da Igreja. A Igreja existe para a Missão.

Entretanto, o conceito de Missão é muitas vezes reduzido ao simples “trazer novos membros”, ou seja, o objetivo da Missão é o crescimento da Igreja enquanto instituição. Assim, associado ao conceito de Missão surge o “marketing” religioso. A busca de novos membros se torna o centro da ação da Igreja, e assim, de certa forma, a fé, a bênção e a vivência religiosa se transformam em produtos de fácil consumo. Perde-se a perspectiva da vivência comunitária, da conversão, da Graça Redentora. Continue lendo Sobre Missão

Unidade na (a)diversidade

Unidade na Diversidade 2O salmista já dizia que é bom e suave que os irmãos vivam em unidade (Sl 133). De fato, esse é um dos maiores desafios na vida da Igreja. Especialmente uma comunhão de igrejas tão ecumênica e diversa como a Comunhão Anglicana demanda uma boa dose de unidade e foco em Cristo para que possamos coexistir em paz. Isso porque nossa igreja não tem uma confissão estrita de fé, e sim os credos e sacramentos, mais a liturgia do Livro de Oração Comum como princípio da nossa fé comunitária enquanto fiéis anglicanos. A isso, chamamos unidade na diversidade.

Porém, é muito fácil ter unidade na diversidade quando tudo vai bem. O difícil é ter unidade na adversidade. Sim, o título foi de propósito. Quando passamos por problemas, todas as pequenas diferenças são multiplicadas e entramos em querelas cujo destino quase nunca é bom. Logo, orgulhos são feridos, brigamos uns com os outros e damos as costas a quem amamos.

Mas o desafio cristão é manter a unidade até quando passamos por dificuldades. São as adversidades que nos formam como povo de Deus, nos fortalecem a fé e nos tornam povo santo a fim de cumprir sua vontade. O convite que Cristo nos faz é que pensemos nas adversidades e lutemos contra elas em conjunto, com esperança, com fé e com plena comunhão com nossos irmãos e irmãs.

Rev. Luiz Coelho +