Arquivo da tag: Igreja

Renovando a Vida Comunitária

 

 

 

 

 

 

Renovando a vida Comunitária” –  lema para a Quaresma 2018.

É preciso que voltemos nosso olhar para o Evangelho a fim de sermos libertos de conceitos, usos e costumes que foram sendo incorporados pela Igreja no decorrer de sua História. A Igreja deve estar em constante reforma,  renovando a vida, para que possa responder aos desafios deste tempo presente e dar o testemunho da vida em Cristo. É um princípio que herdamos da Reforma do século XVI: Igreja Reformada, sempre se reformando!

Uma mudança de paradigmas é algo complexo, lento e não muito simples! nos obriga a sair da zona de conforto! Continue lendo Renovando a Vida Comunitária

Milagres Acontecem!

Várias vezes acontece de pessoas me pararem na rua e perguntarem: “Padre, sua Igreja faz milagres?”  ou então: “Estou interessado na sua Igreja; o que ela tem para oferecer?”

Mas não é simples responder a isso, porque essas perguntas escondem alguns equívocos, e até mesmo uma disfarçada idolatria consumista, além de uma mente desesperada, uma alma aflita.

Eu costumo manter o diálogo assim:

“Padre, sua Igreja faz milagres?”  Respondo: “Olhe, a Igreja não é minha, mas é de Cristo; e ela não faz milagres, Deus é quem os faz, em qualquer lugar e até lá… mas nós não fazemos disso uma propaganda para atrair pessoas, porque o milagre não é um mérito da Igreja, mas uma graça que Deus concede às pessoas que têm fé. Quando isso acontece, nós louvamos a Deus, mas não ficamos divulgando por ai, porque Deus não precisa de publicidade, nem milagres são possíveis de serem comprados. Você quer que eu ore com você?” Continue lendo Milagres Acontecem!

Fé e Tradição

A tentação do crescimento rápido a qualquer custo está hoje presente nas igrejas, talvez mais que nunca, conforme a ideologia individualista e consumista que caracteriza a pós-modernidade.

Nestes tempos de consumismo religioso, a pregação é mera apresentação de um produto que pode ser consumido com muita facilidade: Jesus – já não mais referido como Cristo – um nome mágico que, quando invocado, realiza todos os sonhos de prosperidade (saúde, dinheiro, bens materiais, estabilidade financeira, harmonia familiar, etc.). Não há ênfase na necessidade de conversão, de metanóia, mas cobrar a graça, exigir a graça, pressionar a Deus para que cumpra sua promessa. Diante de uma crença assim fundamentada, não há mais necessidade de ensino e catequese, nem mesmo de conversão.

A religião se torna produto e há de se garantir o aumento permanente de consumidores. É a lógica capitalista de mercado e do resultado. O que importa é vender o produto! Por isso não há lugar para a Tradição, pois o produto tem de atrair a atenção dos consumidores, e agradá-los. Isso vem ocorrendo rapidamente no seio de todas as Igrejas Cristãs, sejam Evangélicas, Protestantes e na Igreja Romana. Continue lendo Fé e Tradição