Arquivo da tag: Reinado de Cristo

A Celebração de Jesus Cristo, Rei do Universo

Cruz Gloriosa de Cristo ReiO Calendário Litúrgico define o Último Domingo depois de Pentecostes como Festa de Jesus Cristo, Rei do Universo.

Trata-se do último domingo do ano Litúrgico. O domingo seguinte é o Domingo do Advento. iniciando um novo ciclo do Tempo Litúrgico.

Celebrar o Reinado de Cristo ao final do Ano Litúrgico é completar o ciclo que começa com o tempo da espera da vinda do Senhor (Advento), o tempo da Natividade, a Epifania, a Quaresma, o Tempo Pascal e o Pentecostes e seus domingos seguintes. Assim, concluímos o ciclo afirmando o Senhorio Absoluto de Cristo, diante dos poderes e impérios deste mundo. Continue lendo A Celebração de Jesus Cristo, Rei do Universo

Que Rei é este?

Igrejas de tradição Anglicana, bem como a Igreja Romana e, em alguns lugares, várias outras denominações cristãs protestantes, incluindo os luteranos, alguns presbiterianos e metodistas, celebram, em honra de Cristo, a Festa de Cristo Rei, ou como diz no nosso Livro de Oração Comum, a Festa de Jesus Cristo, Rei do Universo, no último domingo do ano litúrgico, antes que o novo ano comece com o primeiro domingo do Advento.

O belo poema de Paulo, na carta aos Filipenses, descreve muito bem a maneira de como o Senhor manifesta o Seu Poder e nos dá pistas para entender o Seu Reinado:

“Ele tinha a natureza de Deus, mas não se impôs como igual a Deus. Pelo contrário, ele abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano, ele foi humilde e obedeceu a Deus até a morte — morte de cruz.Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e pôs nele o nome que é o mais importante de todos os nomes, para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no céu,na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos e declarem abertamente que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus, o Pai”. (Filipenses 2. 6-11)

Diante da majestade de Deus, manifesta em Jesus, o Cristo, todos os seres da Criação se inclinam, não por imposição do poder, mas pelo reconhecimento da Graça, para confessarem o Senhorio de Cristo, “à direita do Pai” (isto é, com o poder do Pai!). Continue lendo Que Rei é este?