Arquivo da tag: Tradição

O Natal não acabou!

meninoJesusNa postagem anterior, havíamos dito que o Natal acabou. E hoje, quatro dias depois de 25 de dezembro,  de fato, já acabou.  O mercado agora se volta para o “Ano Novo” e depois vem o Carnaval, que na ânsia consumista deve começar pelo dia 2 de janeiro.

Os dias de hoje,  marcados pelo consumo desesperado, é a era do efêmero: de outubro  até 24 de dezembro, o mercado celebrou o Natal das compras desnecessárias, enfeites que ninguém mais sabe porque se usa, em pleno verão  celebrando o inverno.

Agora, passado o entusiasmo natalino, quando os votos de paz e felicidade já ficaram no passado,  começa o Ano Novo: “feliz ano-novo, dinheiro, paz, e saúde! saúde é que é importante, né? tendo saúde, tudo se ajeita” –é o que a gente começa a ouvir agora. Depois só vamos ouvir votos de felicidade por ocasião da quaresma, quando o mercado começa a celebrar a páscoa dos chocolates e dos coelhinhos…  afinal, não se diz “feliz carnaval”.

Continue lendo O Natal não acabou!

O Natal acabou!

images (1)Triste, mas é verdade! O Natal acabou! o que existe é uma festa do mercado. Não se celebra mais o Deus da Vida, mas o deus Mamona.

Não há referências à Natividade do Senhor; aliás, Ele é cada vez mais esquecido; perde longe, no “Ibope” para o Papai Noel, que – do jeito que se representa hoje – foi uma apropriação publicitária da Coca-Cola na década de 30 do século passado.  [Para mais detalhes sobre o Papai Noel, veja a nossa postagem  “Nicolau – o Papai Noel”]

Continue lendo O Natal acabou!

A Celebração de Jesus Cristo, Rei do Universo

Cruz Gloriosa de Cristo ReiO Calendário Litúrgico define o Último Domingo depois de Pentecostes como Festa de Jesus Cristo, Rei do Universo.

Trata-se do último domingo do ano Litúrgico. O domingo seguinte é o Domingo do Advento. iniciando um novo ciclo do Tempo Litúrgico.

Celebrar o Reinado de Cristo ao final do Ano Litúrgico é completar o ciclo que começa com o tempo da espera da vinda do Senhor (Advento), o tempo da Natividade, a Epifania, a Quaresma, o Tempo Pascal e o Pentecostes e seus domingos seguintes. Assim, concluímos o ciclo afirmando o Senhorio Absoluto de Cristo, diante dos poderes e impérios deste mundo. Continue lendo A Celebração de Jesus Cristo, Rei do Universo